10 Gatilhos Mentais Poderosos

gatilhos mentais

10 Gatilhos Mentais Poderosos

Partilhar artigo

As decisões são tomadas no inconsciente, porém só depois vêm à nossa consciência, normalmente suportadas por uma justificativa racional. Neste artigo, vou falar sobre o que são gatilhos mentais e ajudar-lhe a perceber a arte das técnicas de persuasão para aumentar as suas vendas.

Os gatilhos mentais são directrizes que o nosso cérebro adopta para decidir mais rápido e não ter de fazer um trabalho profundo de reflexão. Desta forma, conseguir influenciar os estímulos que estão envolvidos na escolha do consumidor é uma arma poderosa para convencer as pessoas.

Descubra agora, 10 gatilhos mentais para atrair mais clientes e acelerar a tomada de decisão de compra de um produto ou serviço. Se o seu cérebro tivesse que analisar tudo ao detalhe, o cansaço mental seria constante, logo o sistema nervoso tem um mecanismo de filtragem para defesa.

Razão: é um gatilho mental que consiste em explicar o motivo pelo qual está a pedir que as pessoas realizem uma determinada acção.

Emoção: o ser humano orienta sempre as suas acções através de uma lógica que está relacionada com o evitar a dor e alcançar o prazer.

Escassez: é um gatilho mental que diz respeito ao facto das pessoas darem mais valor a algo que é raro porque é difícil a sua aquisição.

Urgência: uma das piores sensações para o ser humano é não ser possível escolher depois do tempo acabar e ficar a viver com a dúvida.

Novidade: é um gatilho mental que gera curiosidade em saber mais sobre um acontecimento e provoca nas pessoas a sensação de prazer.

Afinidade: o ser humano tende a estabelecer conexão com as pessoas que são parecidas emocionalmente ou por características e habilidades.

Autoridade: é um gatilho mental muito eficaz porque o ser humano tende a obedecer a quem julga superior por uma questão de respeito.

Prova Social: as pessoas são seres sociais e muitas das suas atitudes acabam por ser influenciadas quanto mais ou outros escolhem uma opção.

Antecipação: é um gatilho mental que mexe com as expectativas do ser humano em relação ao futuro e que prepara o caminho para a compra.

Reciprocidade: existe a tendência em querer retribuir o favor às pessoas mas precisamos de perceber que o seu acto foi realmente espontâneo.

Neste momento, acredito que está mais esclarecido. Aproveite para colocar tudo em prática. Afinal, já percebeu o que são gatilhos mentais.

Conheça o guia prático de inbound marketing. Por fim, desejo-lhe o maior sucesso na gestão do seu negócio e boa sorte para a sua vida.

Espero que tenha gostado e que este conteúdo possa ajudar-lhe. Deixe o seu comentário em baixo e partilhe este artigo com a sua rede de contactos. Além disso, não se esqueça, acompanhe todas as novidades aqui no meu blog. Até breve!


Partilhar artigo

Deixe o seu comentário

responder
precisa de ajuda?
Whatsapp
Olá, posso ajudar?